Você não adicionou
nenhum item à sua sacola.

mind-todos-marketplace

Difusor Portátil Orgânico Vita

Por: R$ 59,80ou X de

Comprar

Compre com
e receba até 5% de volta>

)
/giftlist/create /giftlist/product True O Tipo de Lista selecionado requer um endereço de entrega. Você será redirecionado para a criação da lista e retornará para esta página ao concluir o cadastro. Todos os Produtos selecionados serão incluidos à sua nova Lista Você precisará incluir os Produtos após o cadastro de sua nova Lista
  • Sua Lista foi criada com sucesso
  • #quantidade# Produto(s) adicionado(s) à sua Lista
  • #quantidade# Produto (s) selecionado(s) já existia(m) em sua Lista
  • Clique aqui para gerenciar sua Lista
  • 9001586 Difusor Portátil Orgânico Vita
    • DEVOLUÇÃO GRATUITA*!
      ISSO MESMO, DE GRAÇA

    • COMPRA
      100% SEGURA

    Especificações

    Descrição

    O AromaStick Vita contém uma mistura de óleos essenciais que auxiliam positivamente na

    dinâmica da dor, atua como um coadjuvante eficaz nos tratamentos individuais de alívio

    da dor.

    O AromaStick Vita acalma e vitaliza a mente e o corpo para apoiar os esforços individuais

    no alívio das dores.

    A dor, de maneira geral, é uma construção do cérebro e fatores como angústia emocional

    e experiência passada têm um grande papel na experiência. Ela ocorre quando o corpo

    alerta o cérebro para danos reais ou potenciais aos tecidos. Envolve todos os sistemas

    biológicos e todas as respostas que ocorrem visam a proteção e cura (Butler & Moseley,

    2014). Se não for tratada, a dor prolongada pode levar à remodelação das partes do

    cérebro que processam a dor (Campbell & Edwards 2009, Apkarian et al. 2014, Baliki et al.

    2010).

    Os odores agradáveis podem induzir a melhora do humor e diminuir a dor desagradável

    quando a intensidade da dor é atendida. E prestar atenção aos estímulos odoríferos

    durante a estimulação da dor pode diminuir a percepção da intensidade da dor e a

    atividade cerebral provocada pela dor (Bushnell et al. 2013, Villemure et al. 2003,

    Villemure & Bushnell, 2009).